Matemática financeira e Contabilidade: uma relação que dá frutos

Matemática financeira e Contabilidade: uma relação que dá frutos

A matemática financeira, por tratar de importâncias financeiras, tem a sua história intrinsecamente vinculada à formação contábil.
Não obstante, a partir da convergência contábil para as normas internacionais, conhecidas como IFRS, houve um estreitamento no relacionamento entre as duas matérias. Isso se verifica, por exemplo, por meio de um importante instituto: “o valor do dinheiro no tempo”.

Leia mais
A importância da matemática financeira na gestão empresarial

A importância da matemática financeira na gestão empresarial

A matemática financeira e comercial é um dos mais importantes pilares das diversas áreas que envolvem a gestão empresarial.
Em um mercado dinâmico e complexo, o conhecimento da matemática torna-se elemento basilar para profissionais que estejam envolvidos nas operações de qualquer entidade, de grande ou pequeno porte, nacional ou internacional, pública ou privada. Seu uso é imprescindível e se perpetua por toda a estrutura empresarial – da governança às atividades mais simples e corriqueiras de uma empresa.

Leia mais
Como sei se minha empresa possui crédito acumulado de ICMS?

Como sei se minha empresa possui crédito acumulado de ICMS?

O sucessivo acúmulo de saldo credor de ICMS constitui um dos mais graves problemas tributários das empresas na atualidade. Isso porque, enquanto não houver liquidez, o crédito acumulado representa um ativo “podre” no balanço, majorando o lucro e impactando a apuração do IRPJ e da CSLL.

Leia mais

BLB Notícias

Assine nossa newsletter e receba boletins com notícias sobre a BLB Brasil e informações sobre o mercado.

BLB Notícias - Box
Enviando...
Novo conceito de arrendamento mercantil segundo a IFRS 16

O novo conceito de arrendamento mercantil segundo a IFRS 16

O CPC06(R2) visa promover alterações no tratamento contábil das operações de arrendamento mercantil, revogando o CPC06(R1).
O CPC06(R2), também conhecido como IFRS 16, visa unificar o tratamento contábil das operações de arrendamento do ponto de vista do arrendatário – não mais fazendo a distinção entre arrendamento operacional e financeiro.

Leia mais
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]