a

Ação

Acionista

Adotante pela primeira vez

Título de propriedade representado por parte do capital social de uma empresa do tipo sociedade anônima.

Um dos proprietários de parte das ações e do patrimônio líquido de uma empresa. Acionistas majoritários são aqueles que detêm pelo menos metade das ações e mais uma ação. Já os acionistas minoritários são aqueles que detêm as demais ações e não possuem direito a voto e o controle da companhia.

De acordo com o CPC 37, entidade que apresenta suas primeiras demonstrações contábeis em IFRS, as Normas Internacionais de Contabilidade.

Ágio

Amortização

Ativo

Termo empregado pelas áreas contábil, financeira e fiscal que representa o valor a mais pago por um título, bem, empresa ou outro, quando comparado a seu valor original ou de mercado.

No sentido financeiro, significa eliminar ou diminuir dívida através de pagamento. Já na área contábil, a amortização reflete a perda de valor de um bem ou direito intangível, que faz parte do ativo permanente, com o passar do tempo.

Nome dado ao conjunto de bens, valores e direitos de uma pessoa ou empresa. Dentro do patrimônio da organização, os ativos são apresentados como sua conta devedora, sendo que a credora é formada pelos passivos.

Auditoria

Auditar é monitorar operações, processos, documentos e outras fontes de informação para controlar sua autenticidade. Na contabilidade, esse acompanhamento visa avaliar a conformidade das demonstrações financeiras de acordo com as normas contábeis adotadas no Brasil.

b

Balanço patrimonial

Base de cálculo

Bens

Documento que relata a situação financeira de uma empresa dentro de um período específico. Leva em conta fatores quantitativos e qualitativos, apresentando ativos, passivos e o Patrimônio Líquido da empresa.

Valor econômico sobre o qual incidem porcentagens e cálculos. Como exemplo, podemos citar o cálculo do valor que um colaborador demitido deverá receber da empresa, que é feito sobre o valor base referente a seu salário.

Tudo que pode ser avaliado, que possui valor financeiro. Variação: Bens de Consumo, são bens não duráveis consumidos pela empresa, como combustível e material de escritório; Imobilizados, são duráveis, como imóveis e veículos; Intangíveis são diferentes por não ter uma existência física, como marcas, fórmulas e direitos autorais, entre outras variações.

Bolsa de valores

Bonificação

Centro de negociação de valores e títulos (ações) de empresas de capital aberto que tem o objetivo de organizar e fiscalizar as diversas operações de compra e venda.

Pagamento feito pela empresa aos acionistas ou funcionários, em forma de ações ou dinheiro. Na gestão, a bonificação pode representar o reconhecimento por metas alcançadas ou participação nos lucros da organização.

c

Caixa

Capital

Capital aberto

O dinheiro em espécie disponível na empresa.

Soma de recursos ou valores acumulados que possibilitam que a empresa produza novos valores e riquezas.

Assim é chamado o capital de uma empresa (sociedade anônima) que tem seu capital social dividido em ações que são livremente negociadas no mercado de ações.

Capital de giro

Capital social

CNPJ

Reserva de valores ou recursos utilizados para cobrir as necessidades operacionais da empresa. É o montante necessário para que a organização cumpra suas obrigações financeiras permitindo que os negócios aconteçam.

Representa o patrimônio líquido inicial de uma empresa. É o valor inicial investido pelo(s) proprietário(s) e figura no Contrato Social do negócio.

O Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica reúne as informações cadastrais de empresas e é administrado pela Receita Federal do Brasil.

Coaching

COFINS

Compliance

Palavra em inglês que pode ser traduzida como “treinamento”. Ela se refere a uma série de metodologias para guiar um profissional através de sua carreira de maneira que alcance seus objetivos.

A Contribuição Social para Financiamento da Seguridade Social, instituída pela Lei Complementar n° 70, de 30 de dezembro de 1991, é um tributo devido por pessoas jurídicas e destinado para atividades das áreas de saúde, assistência social e previdência.

Conjunto de disciplinas para fazer cumprir normas legais e regulamentares, políticas e diretrizes estabelecidas para o negócio ou atividades da instituição ou empresa.

Conta

Contrato social

Cota

Registro das movimentações contábeis. Podem ser Patrimoniais, referentes ao Ativo e Passivo; e de Resultados, referentes aos custos, despesas e receitas.

Documento pelo qual a organização se configura pessoa jurídica. Requer registro na Junta Comercial da unidade federativa onde a empresa exercerá atividades ou no Cartório de Registro de Títulos e Documentos dependente de seu tipo de constituição.

Unidade mínima de valor referente ao capital social de uma sociedade limitada que tem seu capital assim dividido (em quotas). A sociedade anônima, por sua vez, tem seu capital dividido em ações.

Credit scoring

Crescimento escalável

CSLL

Processo de ranqueamento de crédito efetuado para analisar riscos perante possíveis transações financeiras entre empresas, como vendas e financiamentos.

Quando uma empresa pode crescer sem que as novas demandas prejudiquem seu valor ou qualidade dos produtos/serviços oferecidos.

A Contribuição Social sobre o Lucro Líquido é um tributo devido pelas pessoas jurídicas e destinado ao financiamento da Seguridade Social. Foi instituído pela lei n° 7.689/88.

Custo

Todos os gastos envolvidos na prestação de serviços, fabricação de produtos e venda de mercadorias.

d

Debênture

Déficit

Depreciação

Captação de recursos por meio de títulos, emitidos por empresas a fim de financiar projetos, assegurando aos seus detentores (compradores do título) o direito de crédito contra a companhia emissora.

Representa o saldo negativo de operações financeiras.

Perda de valor de um bem físico, integrante do ativo imobilizado, com o passar do tempo. Pode ser ocasionado por desgaste, perda de utilidade decorrente do uso, obsolescência ou ação natural.

Deságio

Despesas

DFC

Termo usado nas áreas financeira, contábil e fiscal que representa o valor a menos pago por um título, bem, empresa ou outro, quando comparado a seu valor original ou de mercado.

Gastos que contribuem indiretamente para a geração de receita. São todos aqueles que não estão relacionados diretamente ao processo de transformação ou produção de bens e serviços, estes são classificados como custos.

Sigla para Demonstração do Fluxo de Caixa. Indica o fluxo de entradas e saídas de dinheiro da empresa em um período.

DIPJ

DIRF

Disclosure

A Declaração de Informações Econômico-fiscais é uma obrigação acessória junto à Receita Federal do Brasil, imposta às pessoas jurídicas contribuintes das seguintes obrigações principais: Imposto de Renda (IRPJ) e Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). A partir de 2015, relativo ao ano-calendário de 2014, as informações dessa declaração foram incorporadas pela Escrituração Contábil Fiscal (ECF), que é uma nova obrigação acessória de mesmo fim.

Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte emitido pela empresa na qualidade de fonte pagadora para informar à Receita Federal valores retidos na fonte, pagamentos a residentes no exterior, rendimentos isentos e não-tributáveis de pessoas físicas e jurídicas domiciliadas no Brasil e pagamentos a planos de assistência à saúde coletivos.

Divulgação de informações, números e análises que visa trazer transparência para os relacionamentos entre a empresa e seus clientes, fornecedores, investidores e outros stakeholders.

Dividendo

DMPL

DRE

Parte do lucro líquido que é pago ao(s) acionista(s) após o encerramento de cada exercício. Esse termo é empregado particularmente nas sociedades anônimas (SA), cuja obrigação é o pagamento de pelo menos 25% sobre os lucros apurados nos termos da Lei 6.404/76. Nas sociedades limitadas, o termo equivalente é a distribuição de lucros e não há previsão de distribuição mínima, a menos que sejam adotadas supletivamente as normas aplicáveis às companhias abertas, o que é facultativo.

Sigla para Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido. Documento que esclarece a movimentação do patrimônio líquido em determinado período. 

A Demonstração do Resultado do Exercício informa o resultado das atividades da empresa em um período específico sendo, geralmente, de 12 meses.

Due Diligence

Dumping

Duplicata

Também conhecida como auditoria ou investigação para compra, trata-se de um conjunto de análises e avaliações detalhadas de uma determinada empresa para identificar pontos críticos e relevantes normalmente envolvendo processo de negociação de empresa. Geralmente abrange todas as áreas, tais como: financeira, contábil, tributária, trabalhista, jurídica, societária, operacional, ambiental e regulatória, entre outras.

Palavra inglesa que significa “esvaziar”. Visa a eliminação parcial ou total da concorrência em determinado mercado interno ou externo, mediante a prática de preços muito abaixo dos praticados por outros players.

Título de crédito resultado do pagamento de mercadoria ou recebimento de serviço. Sua emissão é realizada pelo credor para o devedor. 

DVA

O Demonstrativo de Valor Adicionado é uma demonstração contábil que informa o valor agregado gerado pela empresa em um período específico. Atualmente é obrigatória somente para as companhias de capital aberto. Traz em seu bojo informações que importam sobretudo para a sociedade.

e

ECF

Entidade

Escalabilidade

Escrituração Contábil Fiscal. Nova obrigação acessória eletrônica de pessoas jurídicas. Substitui a Declaração de Informações Econômico-fiscais (DIPJ) e complementa as informações da Escrituração Contábil Digital (ECD). Deve ser entregue em setembro do ano seguinte ao ano-calendário cujos dados são apresentados.

Organismo econômico particular que possui identidade à parte da dos proprietários e gestores (pessoas que fazem parte da organização) com intuito de produção de bens ou serviços, sem fins lucrativos. Pode ser uma entidade filantrópica, de classe, religiosa, educativa, cultural etc.

Capacidade de uma empresa ou sistema de crescer sem perder qualidade ou valor. Isso envolve atender novos clientes ou demanda de dados sem prejudicar a performance.

Estoque

EVP

Exaustão

É formado por bens tangíveis que são destinados à venda ou uso, sejam matérias-primas, produtos em elaboração ou já acabados. É a mercadoria que uma empresa tem à disposição para comercializar e faz parte de seus ativos.

A sigla em inglês para Employee Value Proposition representa os valores e a missão da empresa, além do que é oferecido ao colaborador.

Perda de valor ocorrida da exploração de recursos naturais, como minérios ou florestas, ou bens utilizados nessa exploração.

Exercício social

Extracontábil

Espaço de um ano (12 meses) em que acontece a publicação das demonstrações contábeis de uma empresa. Em relação ao Imposto de Renda, é chamado de período-base de apuração da base de cálculo do imposto devido ou período fiscal. 

O que não está na contabilidade, o que não necessariamente significa que não esteja relacionado à contabilidade. Normalmente esse termo é utilizado para se referir a controles complementares e auxiliares da contabilidade. Ou seja, controlado à parte, extracontábil.

f

Factoring

Fair Value

Fato contábil

Atividade de incentivo comercial que envolve o recebimento imediato de valores que deveriam ser recebidos no futuro, por meio da venda de créditos para a empresa de factoring. Não é empréstimo nem financiamento.

Do inglês, significa “valor justo”. É o valor pelo qual um patrimônio pode ser negociado entre partes interessadas e independentes entre si, levando em conta o mercado no momento da negociação.

Acontecimentos ou ocorrências que alteram a composição do patrimônio de uma empresa, seja qualitativa ou quantitativamente.

Faturamento

FGTS

Fluxo de caixa

Total de receita de bens ou serviços vendidos em um determinado período.

Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. É constituído de contas abertas em nome de cada trabalhador onde os empregadores depositam mensalmente uma alíquota que incide sobre o salário, acrescida de atualização monetária e juros. Foi criado em 1967 pelo Governo Federal para proteger o trabalhador demitido sem justa causa.

Instrumento que programa todas as entradas e saídas de recursos financeiros para períodos futuros. É uma das principais ferramentas financeiras para gerenciamento da empresa.

Folha de pagamento

Documento obrigatório preparado pela empresa que relata os valores devidos aos funcionários e respectivos encargos.

g

Ganho de capital

Gestão

Goodwill

É relacionado com o imposto sobre a renda, representado pela diferença entre o valor de aquisição/compra e o de transferência/venda de um bem imóvel ou móvel, como participações em empresas, terrenos, carros e outros, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas.

Atividade de administrar, estudar e sistematizar as práticas implementadas em uma empresa visando o atingimento de resultados.

Segundo o CPC, é o ágio por expectativa de rentabilidade futura. Normalmente se justifica em função da capacidade de um ativo adquirido gerar lucros.

Governança corporativa

Grau de exigibilidade

GRRF

Sistema pelo qual um modelo de gestão é aplicado em organizações. É o conjunto de ações, recomendações, relacionamentos desenvolvidos entre proprietários, conselhos, diretorias e órgãos de controle que visem facilitar o acesso a capital, o crescimento e a longevidade da empresa. Também pode ser entendida como conjunto de regras de governo ou regras que servem para governar em uma empresa.

Refere-se ao prazo, mínimo ou máximo, em que as contas de uma empresa devem ser quitadas, seu vencimento. Também pode ser dito como “nível de exigibilidade”.

É a Guia de Recolhimento Rescisório, do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que permite resgatar o FGTS e os valores relativos ao mês de rescisão do contrato.

h

Holding

Honorários

Sociedade holding, cujo termo é importado, basicamente é aquela que participa do capital de outras sociedades em níveis suficientes para controlá-las, podendo se estruturar sob qualquer tipo societário personificado.

Remuneração paga a profissionais, geralmente, por serviços prestados.

 

i

ICMS

IFRS

IGP-M

Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação. É um imposto não cumulativo, ou seja, em cada etapa da circulação de mercadorias ou prestação de serviços sujeita ao ICMS ele é novamente calculado sobre o valor da venda e descontado o que se pagou na compra, até o consumidor final. Atualmente, esse importo é da competência dos Estados, o que o torna um dos mais complexos do sistema tributário brasileiro.

Trata-se de uma sigla em inglês para International Financial Reporting Standards e representa um dos padrões contábeis internacionais.

Índice Geral de Preços do Mercado. É calculado mensalmente e usado como um parâmetro confiável para operações financeiras, como indicador de tarifas e correção de contratos de aluguel e títulos emitidos pelo Tesouro Nacional e depósitos bancários, por exemplo.

Impairment

Imposto de renda

Impostos

Do inglês, significa “depreciação”. É a deterioração do valor de um ou mais ativos da empresa. O teste de impairment avalia essas perdas em comparação ao valor que os ativos teriam no mercado. É também conhecido como teste de recuperabilidade dos ativos, sendo um dos procedimentos previstos nas normas contábeis adotadas no Brasil.

Imposto de competência do Governo Federal, incidente sobre a parcela do patrimônio de rendimentos de pessoas físicas e jurídicas, calculado por meio de seus ganhos, lucros e rendimentos.

Valor a ser pago ao governo por contribuintes a partir de uma situação geradora.

Imunidade

Incentivo fiscal

INSS

Benefício constitucional pelo qual a pessoa física ou jurídica fica protegida de ter tributos instituídos sobre determinados atos ou fatos.

Tem objetivo de fomentar negócios de determinados segmentos, transferir recursos para o desenvolvimento de regiões menos privilegiadas e melhorar a distribuição de renda geograficamente. Pode ser a isenção de um imposto.

Sigla para Instituto Nacional de Seguridade Social. Registra parte do encargo social computado sobre a folha de pagamento dos funcionários. São recolhidos valores tanto do empregador quanto do empregado.

Investimento

IPO

IRPF

Emprego de valores que vão além da atividade da empresa com objetivo de gerar ganhos.

A sigla em inglês significa Oferta Pública Inicial. Representa o processo pelo qual uma empresa abre seu capital na Bolsa de Valores, permitindo a compra e venda de suas ações por terceiros.

Imposto de Renda de Pessoa Física. Imposto de competência do Governo Federal, incide sobre os rendimentos das pessoas físicas que tenham auferido renda ou apurado ganho de capital acima de um limite mínimo estipulado a cada ano.

IRPJ

Isenção

Imposto de Renda de Pessoa Jurídica. Imposto de competência do Governo Federal. Ficam obrigadas a pagar as empresas que não sejam isentas ou imunes. O cálculo é feito sobre o Lucro Real ou o faturamento/receita bruta, se a empresa for optante do Lucro Presumido.

Dispensa legal que libera o contribuinte do pagamento de algum tributo devido.

j

Junta comercial

Juros

Órgão público, presente em cada unidade federativa (estado), responsável por registros relacionados a sociedades empresariais, como abertura e fechamento de organização comercial, por exemplo. É regulamentada pelo Departamento Nacional de Registro do Comércio (DNRC).

Os juros são uma porcentagem de um valor. Eles podem ser adicionados ao total de um empréstimo ou compra a prazo e devem ser pagos pelo devedor. Também podem ser o rendimento de um investimento, como, por exemplo, os juros de uma poupança.

l

LALUR

Leasing

Liquidez

Sigla para Livro de Apuração do Lucro Real, livro onde é demonstrada a apuração do Lucro Real a partir da contabilidade financeira/societária.

Tipo de operação financeira entre uma empresa e outra pessoa jurídica ou física que relaciona o uso de um bem mediante pagamento de prestações. Através dela, o capital investido não fica imobilizado e, ao final do prazo estabelecido entre as partes, é possível que o bem seja adquirido ou não pelo contratante. Pode ser diferenciado em leasing financeiro e operacional.

A liquidez representa o prazo em que um ativo pode ser transformado em dinheiro. Uma variação do uso do termo é “grau de liquidez”.

Livro caixa

Livro diário

Lucro

Livro onde são registradas todas as entradas e saídas de dinheiro de uma empresa. Mostra a escrituração das movimentações feitas pelo tesoureiro, ou caixa, de uma organização com ou sem fins lucrativos.

Livro obrigatório para empresas no qual se registram cronologicamente os fatos contábeis em partidas dobradas, conforme dias, meses e anos.

Valor positivo que resulta da diferença entre o que foi investido para produzir e vender uma mercadoria ou oferecer um serviço e o que foi recebido pelos mesmos produtos ou serviços comercializados.

Lucro bruto

Lucro líquido

Lucro presumido

Também conhecido como lucro operacional bruto ou lucro das vendas. É o valor apurado entre o valor das vendas de produtos ou serviços e o custo para fazer o produto ou prover os serviços, antes de deduzir os demais gastos, tais como impostos, despesas operacionais, despesas financeiras etc.

Valor apurado após deduzidos todos os custos e despesas, incluídos os impostos que sobre ele incidem, como Imposto de Renda e Contribuição Social sobre Lucro Líquido.

Um dos regimes de tributação simplificada para determinar a base de cálculo do Imposto de Renda e da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) de pessoas jurídicas, desde que não estejam obrigadas a apurar o Lucro Real no ano-calendário em questão.

Lucro real

Valor (e regime tributário) que resulta do lucro contábil mais ajustes fiscais (tanto positivos quanto negativos) para fins de incidência de tributos IRPJ e CSLL.

m

M&A

Material de consumo

MEI

A sigla vem da expressão em inglês Mergers and Acquisitions, que significa “fusões e aquisições”. Na fusão, duas ou mais empresas se juntam para formar uma nova, deixando de existir individualmente. Já na aquisição, as organizações continuam existindo após a compra de uma pela outra.

Materiais variados cuja duração é curta a partir do início de seu uso (artigos de escritório e produtos de limpeza, por exemplo) ou por sua natureza (como alguns alimentos).

Microempreendedor Individual. Nova forma de pessoa jurídica enquadrada ao Simples Nacional e isenta de tributos federais. O faturamento anual do MEI é limitado, e não é possível que o empreendedor seja sócio ou titular de outra empresa, além de só poder ter um empregado contratado.

Mercado de capitais

Mercadoria

Meritocracia

Intermedia operações entre empresas e investidores, diretamente ou pela representação de uma instituição financeira.

Bens de propriedade da empresa destinados à venda.

Método de gestão que leva em conta o mérito, ou merecimento, como ponto principal para reconhecer talentos e esforços, de forma que colaboradores de uma empresa possam evoluir e conquistar melhores cargos ou benefícios a partir de seu trabalho.

Moratória

Declaração que suspende o pagamento durante um prazo estabelecido por lei ou contrato.

 

n

NF-e

Nota explicativa

Nota fiscal

A Nota Fiscal Eletrônica é o modelo digital de emissão da Nota Fiscal. Tem validade jurídica garantida.

Informação complementar que visa elucidar situação patrimonial em demonstrativos contábeis.

Documento que tem como objetivo registrar uma transferência de propriedade de bem ou comercialização de produto ou serviço entre empresa e pessoa física ou jurídica.

Nota promissória

Numerário

Título pelo qual uma pessoa física ou jurídica se compromete a quitar uma dívida em determinado prazo.

Moeda, dinheiro.

o

Objeto social

Obrigações

Obsolescência

Fim primordial de uma sociedade, documentado no contrato social ou estatuto da empresa.

Dívidas e valores a serem pagos pela empresa. São contabilizadas no balanço das empresas, estando representadas no passivo e no patrimônio líquido.

Quando determinado bem não tem mais utilidade ou validade, perdeu sua condição de uso.

Oferta

Oferta pública

Orçamento

Produtos ou serviços que podem ser comercializados a preços definidos em um mercado durante determinado tempo.

Também conhecido como Oferta Pública Inicial, Oferta Pública de Distribuições de Ações ou IPO, remete ao processo pelo qual uma empresa passa para disponibilizar suas ações ao mercado.

Preço, aproximado ou real, informado a um cliente referente à prestação de um serviço.

Outsourcing

Termo em inglês que significa contar com fonte de trabalho de fora da empresa. É adquirir o serviço de mão-de-obra para determinado setor ou tarefa que seja efetivamente contratada por outra firma. Diferentemente da terceirização, o outsourcing tem em foco atividades mais estratégicas.

p

Passivo

Patrimônio

Patrimônio líquido

Representa obrigações contraídas, assumidas pela empresa perante terceiros.

Somatória de bens, direitos e obrigações de uma pessoa ou empresa. Na Contabilidade, são considerados apenas os itens que têm valor monetário.

Diferença entre o ativo (valores referentes a bens e direitos) e o passivo (as obrigações) dentro de um determinado período. Representa as obrigações da sociedade para com os sócios.

PECLD

PEPC

Perda

Sigla para Perdas Estimadas em Créditos de Liquidação Duvidosa.  É a mensuração de uma perda decorrente de devedores. 

Sigla para Programa de Educação Profissional Continuada, também chamado de PEC, do Conselho Federal de Contabilidade. Visa garantir que contadores mantenham seus conhecimentos atualizados por meio de atividades na área que valem pontos. Está detalhado na NBC PG 12.

Consumo anormal de matéria-prima ou despesa involuntária que pode se transformar em custo.

Pessoa física

Pessoa jurídica

PIS

Cada pessoa, indivíduo, ser humano.

Um ou mais indivíduos unidos que formam uma nova pessoa que tenha personalidade diferente e separada da dos indivíduos. Pode ser uma empresa, entidade, sociedade, cooperativa ou associação, por exemplo.

Programa de Integração Social, também chamado de PIS/PASEP. É um tributo de competência do Governo Federal devido por pessoas jurídicas e direcionado ao financiamento do seguro desemprego e abono para trabalhadores que recebam até dois salários mínimos.

Prazo de liquidez

Proteção patrimonial

Provisão

Refere-se ao prazo, mínimo ou máximo, em que bens e direitos de uma empresa podem ser transformados em dinheiro. Caso um bem deva ser vendido antes para que seu valor em dinheiro seja liberado, ele é considerado de menor liquidez.

A proteção patrimonial se resume na aplicação criteriosa de vários conceitos do direito para garantia e preservação do patrimônio pessoal e empresarial. Visa identificar situações que possam colocar em risco o patrimônio particular e combatê-las por meio da adoção de práticas de prevenção e planejamento.

Valor estimado reservado para uma possível despesa ou perda futura.

r

RAIS

Receita

Rédito

Sigla para Relação Anual de Informações Sociais. Configura um importante documento com dados que visa suprir as necessidades de controle da atividade trabalhista no Brasil, prover informações para elaboração de estatísticas sobre o mercado de trabalho ao governo.

Valor arrecadado de uma atividade, a quantia recebida ou não, faturamento.

Resultado de atividade econômica que causa variação patrimonial, seja de ganho ou perda.

 

Receita líquida

Recuperação Judicial

Regime de caixa

Valor do faturamento após as deduções de impostos indiretos, tais como PIS/COFINS, ICMS e outros.

Disposta na Lei 11.101/05, a Recuperação Judicial é uma forma de manter empresas que estão em sérias dificuldades em condições de cumprir com seus compromissos por meio de avaliação, gestão e execução de um plano de recuperação.

Método de apuração de resultados que leva em conta os efetivos recebimentos e pagamentos em um determinado período. 

Rentabilidade

Reservas

Resultado monetário positivo ou negativo ocorrido sobre um investimento ou a análise desse possível saldo antes do investimento ser efetuado. Pode ser ganho ou perda.

Valores guardados à disposição da empresa no qual está o patrimônio líquido da organização.

s

Salário Mínimo

SELIC

Simples Nacional

Valor limite mais baixo que um empregador pode pagar a seu empregado pelo trabalho executado.

Sigla para Sistema Especial de Liquidação e de Custódia. É um índice, por vezes chamado de taxa, pelo qual são balizadas as taxas de juros no País.

Antigamente conhecido como Supersimples, é um regime tributário destinado a micro e pequenas empresas.

Sociedade Anônima

Sped

Stakeholder

Sociedade ou companhia com capital repartido em ações. Os acionistas e sócios dividem a responsabilidade sobre a empresa conforme o valor das ações que possuem. Suas normas são regidas pela Lei 6.404 de 1976.

A sigla vem de Sistema Público de Escrituração Digital. Conjunto de medidas para informatizar a relação entre os fiscos e os contribuintes. Participam dele os projetos: Speds Contábil e Fiscal, EFD-Contribuições, Escrituração Contábil Fiscal (ECF), NF-e, CT-e e NFS-e.

De forma ampla, os stakeholders são os grupos de interesse em uma empresa ou negócio. Eles podem ser acionistas, investidores, sindicatos, empregados e fornecedores, por exemplo.

Subsídio

Superávit

Incentivo monetário feito pelo governo ao consumidor ou a empresas para incentivar baixa de preços ou estimular exportações.

Representa o saldo positivo de operações financeiras de Caixas e Bancos. Também usado em Contabilidade Pública quando as receitas superam as despesas.

t

Tarifa

Taxa

Tempestividade

De forma geral, o termo é relacionado aos preços cobrados por prestações de serviço.

Tipo de tributo pago ao Estado pelo exercício do Poder de Polícia ou utilização de serviços públicos específicos e divisíveis disponibilizados ou prestados ao contribuinte.

Qualidade da informação, sem erros e que cumpra o prazo legal, de forma que seja útil para os interessados e favoreça a tomada de decisões.

Transfer pricing

Tributo

Turnaround

Cálculo dos preços de bens, serviços, direitos e juros negociados entre partes vinculadas em operações internacionais. Busca evitar que o lucro obtido em um país seja transferido a outro de menor tributação por meio de superfaturamento.

Gênero que compreende as espécies impostos, taxas e contribuições instituídos pelos governos.

Do inglês, significa “dar a volta”, mudar substancialmente o desempenho da empresa, saindo de uma situação de estagnação ou declínio com o objetivo de ter resultados superiores aos obtidos anteriormente.

v

Valor adicionado

Valor contábil

Valuation

É a riqueza gerada pela empresa. Geralmente medida pela diferença entre o valor das vendas e os insumos adquiridos de terceiros. Pode ser considerado também o valor recebido em transferência, ou seja, produzido por terceiros e repassado à empresa.

Valor pelo qual um ativo é reconhecido no Balanço Patrimonial.

Termo em inglês que representa o processo de avaliação econômica de uma empresa. Leva-se em conta o patrimônio da organização, bem como seu nome, tecnologia e capital intelectual para estipular quanto uma empresa vale.

Variação patrimonial

Alteração de patrimônio público, empresarial ou pessoal, para mais ou menos. Pode ser causado, por exemplo, por aquisição, depreciação, amortização e outras operações.

[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]