7 grandes contabilistas para se inspirar

7 grandes contabilistas para se inspirar

6 minutos de leitura

Para muitas pessoas, lidar com números nunca foi uma tarefa muito fácil, no entanto, ainda é possível encontrar grandes economistas e contabilistas que ajudaram a mudar a história do mundo, contando apenas com a ajuda de importantes cálculos. Por isso, ao longo da história, muitos contadores foram responsáveis por influenciar o rumo da economia global com teorias e ensinamentos que também contribuíram exponencialmente para o progresso social.

Além disso, a contabilidade é a profissão que mais cresce no mundo inteiro. Somente no Brasil existem mais de 500 mil profissionais registrados, assumindo diversas competências importantes, como assessoramento e consultorias em gestão. Isso mostra o quanto a área tem evoluído nos últimos anos, ganhando o devido reconhecimento diante de suas ações a favor da organização global.

Por isso, se você está procurando inspiração para os seus negócios, veja como estes grandes contabilistas se tornaram ícones para o mercado. Confira:

João Lyra Tavares

Responsável por criar o Dia do Contabilista, comemorado em 22 de setembro, João Lyra Tavares foi considerado patrono da classe contábil. Sua grande influência na área começou a partir de suas diversas funções desempenhadas, entre elas professor, economista, deputado, senador e autor de diversos artigos importantes em jornais. Devido às suas habilidades, João Lyra foi convidado em 1914 para fazer parte da Comissão, sendo responsável por estudar a reorganização da Contabilidade do Tesouro Nacional.

Suas contribuições foram essenciais para o cenário contábil, já que sempre ressaltou os benefícios que o país poderia alcançar perante o reconhecimento de uma classe de contadores públicos, além de defender a criação do Registro Geral dos Contabilistas Brasileiros, o que mais tarde deu origem aos processos de profissionalização existentes até os dias atuais.

João Lyra foi eleito Presidente do Supremo Conselho da Classe dos Contabilistas Brasileiros em 1926 e faleceu em 1930. Até os dias atuais sua figura é inspiração para diversos contabilistas.

Luca Bartolomeo de Pacioli

Conhecido por ser o pai da contabilidade moderna, o frei Luca Bartolomeo de Pacioli foi um monge franciscano e importante matemático de sua época. Nascido em 1445, na Itália, sua principal teoria contábil está relacionada ao débito e crédito correspondentes aos números positivos e negativos, uma teoria que revolucionou o mundo, sendo posteriormente aceito de forma universal.

Frei Luca Bartolomeo também foi um grande colaborador para o famoso Leonardo Da Vinci, sendo a primeira pessoa a publicar um brilhante trabalho sobre o sistema de dupla entrada de contabilidade, ou seja, a definição de conta para ser debitada e creditada.

Roberto Dias Duarte

Esse incrível palestrante é uma referência para aqueles que estão estudando ou são profissionais da área de contábeis. Em média, Roberto Dias Duarte já realizou 550 palestras em mais de 27 estados do Brasil, entre os seus principais assuntos discutidos está o SPED contábil.

Além disso, esse administrador, professor e escritor também disponibiliza diversos conteúdos em seu canal no YouTube, contendo vídeos de suas palestras e aulas relacionadas às suas experiências profissionais.

Eliseu Martins

Nascido em 1945, Eliseu Martins é considerado um dos mais influentes contabilistas do Brasil. Sendo representante na escola americana de contabilidade, foi também o principal responsável por reformular o currículo do curso de Ciências Contábeis no Brasil na década de 80.

Em 1979 publicou a tese “Aspectos do lucro e da alavancagem financeira no Brasil”, obra que foi determinante para sua carreira. Em todo seu percurso fez diversas contribuições, até que em 1985 começou a fazer parte do Conselho Federal de Contabilidade, ajudando o país a refletir melhor sobre a profissão de contador.

Leia também -  Avaliação a Valor Justo ou Fair Value: o que você precisa saber sobre o assunto?

Antônio Lopes de Sá

Essa lista não seria a mesma sem a ilustre presença de Antônio Lopes de Sá, nascido em 1927, em Belo Horizonte. Foi o escritor que mais editou artigos e livros em nosso país e na Itália, além de ter sido contemplado com o Prêmio João Lyra Tavares — o de maior prestígio para um contador brasileiro. No entanto, Antônio Lopes não manteve sua brilhante carreira somente no Brasil, pois foi responsável por coordenar nove congressos internacionais, criando também a maior corrente científica sobre contabilidade.

Antônio Lopes foi, com certeza, um dos grandes contabilistas brasileiros. Veio a falecer em 2010, mas antes representou o País no Conselho Econômico e Social da ONU. Seu nome é referência internacional quando mencionado o Prêmio de Produção Científica em Contabilidade.

Ana Maria Elorrieta

Certamente uma mulher precisa fazer parte desta lista, e ninguém melhor do que Ana Maria Elorrieta, ex-presidente da diretoria nacional do Ibracon (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil). Além de ter sido eleita uma das 50 pessoas mais influentes na área de contabilidade pelo Global Accountancy Power 50, Ana Maria Elorrieta ainda foi reeleita membro oficial do Conselho da Federação Internacional de Contadores, o IFAC.

O IFAC é uma organização mundial dedicada a lutar pelos interesses do público contábil, assim como o desenvolvimento de economias globais. Diante desse memorável histórico, Ana Maria é uma das grandes contabilistas que existem, além de representar com prestígio o papel das mulheres no mercado financeiro.

Warren Allen

Warren Allen é uma figura importante no cenário contábil, já que por seis anos esteve presente no IFAC (Conselho da Federação Internacional de Contadores), sendo hoje seu atual presidente. Na Nova Zelândia, também foi presidente e membro do Instituto de Revisores Oficiais de Contas.

Em 2013, Warren Allen esteve presente no Brasil para o encontro que aconteceu no Ibracon, e em seu discurso mencionou o futuro da profissão dos contadores: “A nossa profissão, principalmente quando algo dá errado, ganha de modo injustiçado os holofotes. Nesse sentido, o IFAC está empenhado no trabalho de educação sobre qual é o real papel do contador e do auditor, através dos comitês independentes que compõem a entidade”. Um brilhante discurso que ajudou para contribuir ainda mais para os profissionais da área.

Como já mencionado, lidar com números, cálculos, estatísticas e decisões importantes não é uma tarefa fácil, por isso são necessárias atualizações constantes sobre o mercado financeiro, assim como inspiração em pessoas que revolucionaram o cenário econômico.

Gostou das nossas indicações sobre os grandes contabilistas? Confira também nossas dicas de filmes e livros!

  1. Amei saber desses icones da contabilidade, quero ser cm eles! Ou ainda supera-los de forma contribuir imenso nessa magnifica ciencia e profissao contabeis!

    1. Luis, esse é o espírito do artigo: inspirar para que tenhamos sempre mais profissionais atuantes e com excelentes carreiras na área contábil!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *