Setor da saúde intensifica fusões e aquisições

Setor da saúde intensifica fusões e aquisições

3 minutos de leitura

O setor de saúde fechou 2019 comemorando ao menos 80 operações de fusões e aquisições, que incluem hospitais, planos de saúde, laboratórios e clínicas, cujo número representa um aumento de 54% sobre o ano anterior.

O apetite das grandes redes está ligado a uma visão expansionista, pois, com a melhora da economia do país, mais pessoas irão em busca de atendimentos particulares, além do desejo de não depender da assistência médica pública para sua família.

Nesse sentido, muitas outras operações iniciadas no ano passado devem se concretizar no presente ano, tendendo a ser dominado por 5 grandes grupos.

O avanço tecnológico na área da saúde permite um atendimento mais ágil e eficaz, com menor custo, principalmente de backoffice, então, uma estrutura de retaguarda pode ser compartilhada. Por exemplo: um deles já conta com reconhecimento facial do paciente em um terminal na recepção do hospital ou clínica, que, ao se reconhecido, é orientado sobre o número da sala que o médico está lhe aguardando pela própria máquina, muito diferente das velhas planilhas utilizadas para este fim.

O ativo representado por um hospital, clinica ou plano de saúde tem características muito próprias no mundo dos M&A (mergers and acquisitions ou fusões e aquisições), pois o valuation irá indicar uma referência de valor baseado em premissas, dentro de um cenário realista, como se a gestão do empreendimento utilizasse seus planos estratégicos de investimentos e realizações, contando com a manutenção do grupo de acionistas, os quais se utilizam do crescimento histórico para projetar o futuro, com o incremento de investimentos e tecnologias dentro de sua capacidade e zona de conforto.

O possível interessado já identifica o valor agregado com tecnologia mais avançada, compartilhamento de serviços, incremento no número de atendimentos e exames, atratividade para maior número de vidas e possível redução de custos.

Neste cenário, o ativo passa a ter um maior valor para sua incorporação, fato que permite exercer um ágio sobre os valores de referência, já percebendo um futuro mais ousado e rentável.

Nós do Grupo BLB Brasil assessoramos negócios de compra e venda envolvendo hospitais, clínicas e planos de saúde com bastante sucesso para vendedores e compradores, pois conseguimos atender todos os serviços complementares que envolvem tal operação, iniciando com o processo de avaliação econômico (valuation), identificação dos diferenciais competitivos, estratégia e realização de todo o processo de negociação, planejamento societário e tributária em função da venda, assessoria jurídica nos contratos, enfim, um envolvimento em todas as etapas de um processo regular de M&A.

No horizonte de médio prazo, a tendência é o incremento dos negócios, pois, se consideramos que o país tem cerca de 23 mil laboratórios, 4,2 mil hospitais e 1,2 mil operadoras de planos de saúde e odontológicos, o apetite das grandes redes tende a se manter voraz, em busca de novas oportunidades.

José Rita Moreira
Diretor da Divisão de Gestão, Finanças e TI no Grupo BLB Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *