O gerenciamento de metas com o método OKR

O gerenciamento de metas com o método OKR

6 minutos de leitura

O mercado é competitivo, a situação financeira do país há tempos não é boa e a burocracia dificulta ainda mais o desenvolvimento de um negócio. Em contrapartida, uma boa estratégia de gerenciamento de metas profissionais é um diferencial importante para uma empresa. O método OKR é uma das ferramentas que permite que essa estratégia seja colocada em prática.

Trata-se de um sistema organizacional desenvolvido no Vale do Silício e que ficou mais conhecido quando foi implantado pelo Google no final da década de 90. Desde então, outras empresas do mundo inteiro têm adotado o método. Atualmente, o Google possui cerca de 60 mil funcionários apoiados pelo OKR e continua investindo nesse sistema em todas as suas startups.

Exemplos como o da história de sucesso e inovação do Google reforçam ainda mais a importância da organização e do planejamento das metas em todas as corporações, independentemente do seu tamanho, categoria e setor de atuação.

O que é o método OKR?

Originário do inglês Objecitves and Key Results – OKR, tem sua tradução no português literal como Objetivos e Resultados-chave, embora seu significado efetivo seja muito mais do que um método, e sim uma cultura que deve ser seguida por todos de uma empresa.

De formato simples, o método OKR tem a função de estabelecer objetivos, alinhando e engajando equipes e indivíduos para que essas metas definidas sejam cumpridas. Com essa metodologia é possível ranquear as ações de acordo com sua importância e prioridade para o alcance dessas metas.

Por meio do OKR, os funcionários são motivados a trabalharem em conjunto, empenhando seus esforços no desenvolvimento dos trabalhos, e, por conseguinte, para o sucesso da organização.

Diferente de um planejamento completo, que depende de um tempo maior para sua realização e conclusão, o OKR pode ser implantado para metas de curto prazo e também para situações emergenciais.

Sendo assim, os OKRs são um conjunto de metas que deve ser alcançado de forma individual e coletiva, que contribui para que os objetivos maiores da empresa sejam alcançados.

Recomendamos também a leitura do artigo sobre balanced scorecard.

Mas por que um gerenciamento de metas é tão importante?

Os objetivos da companhia, suas prioridades e como alcançar as metas propostas são conhecimentos que todos os profissionais e colaboradores devem dominar. Dessa forma, a empresa tem mais chances de um crescimento sustentável e duradouro.

Com um OKR, os colaboradores envolvidos nas ações e processos entenderão como devem exercer suas funções de forma eficaz. O resultado é o aumento de produtividade e autoestima desses profissionais.

Benefícios do método OKR

Dentre as metodologias de gerenciamento de metas disponíveis para uma organização, o formato OKR é considerado um dos mais completos e eficazes. Listamos aqui algumas das principais vantagens:

1- Inclusão de toda a equipe: como já mencionado, todos os profissionais se envolvem nos processos, mesmo que divididos em setores ou níveis hierárquicos. Um depende do outro para a conquista dos objetivos estipulados.
2- Simplicidade na implantação: a metodologia OKR é muito fácil de ser aplicada, sem necessidade de aprofundamento de técnicas. Sua utilização acontece de maneira rápida e ágil, facilitando a promoção de mudanças, garantindo agilidade no cumprimento de tarefas.
3- Facilidade de compreensão: devido à simplicidade da implantação, o método facilita o entendimento por parte dos colaboradores. Na maioria das vezes, são as próprias equipes que deliberam as ações a serem realizadas. O gestor tem a responsabilidade apenas em relação à sua aprovação.
4- Aumento da produtividade: trabalhando com uma quantidade de metas reduzidas e divididas em pouco espaço de tempo, é possível que cada profissional se responsabilize por um momento ou etapa do projeto. Dessa forma o envolvimento é maior, sem sobrecarga de tarefas, tornando os resultados mais produtivos e elevando as chances de sucesso.

Como implantar o método OKR?

Para compreender a implantação do método é importante entendermos seus elementos principais:

Objetivo: explicitação precisa da direção almejada pela empresa. Esse objetivo deve ser bem especificado para os colaboradores, de modo que eles imaginem possibilidades de atingi-lo.
Resultado-chave: metas definidas para atingir o objetivo com sucesso.

Enfatizamos que o Objetivo sempre será qualitativo e os Resultados-chave, que podem variar de 2 a 5 para cada objetivo, são quantitativos. Portanto, o primeiro passo de implantação do sistema é criar um Objetivo.

Com o objetivo criado, uma série de resultados-chave é definida de modo quantificável e mensurável.

A eficácia do sistema vai depender de sua praticidade. Com um formato prático, a realização da avaliação de desempenho dos funcionários inclusos no projeto torna-se mais fácil.

É fundamental que os objetivos sejam programados com um determinado intervalo de tempo. Os objetivos trimestrais são os mais utilizados pelas empresas, inclusive pelo Google, e apresentam maior eficácia na sua conclusão.

Para que sejam realizadas de forma efetiva, as metas devem compreender o que a empresa, de forma generalizada, pretende alcançar. Os gestores definem os objetivos de seus departamentos e certificam-se, ao longo do processo, de que suas equipes estão alinhadas ao objetivo maior. Todos os colaboradores devem ser engajados para definir e compartilhar seus objetivos.


O desempenho dos OKRs

Uma das etapas mais importantes em todo o processo é a análise de desempenho dos OKRs. O planejamento das metas e as análises não serão válidos se a execução não for realizada de forma bem-feita.

Acompanhar o funcionamento das metas é a melhor maneira de saber como essas ações estão sendo executadas, além de, se não estiverem corretas, possam ser modificadas para reverter a situação e o objetivo ser alcançado.

E os resultados?

Como essa metodologia funciona em prazos específicos e curtos, quando bem-feita, os resultados tendem a aparecer em pouco tempo.  Os efeitos podem ser percebidos na empresa como um todo. Listamos alguns resultados que podem ser alcançados:

– Colaboradores mais engajados e com uma visão mais clara do que está sendo realizado;
– Concretização dos objetivos definidos conforme a missão e estruturação da empresa;
– Concepção de uma companhia mais competitiva no mercado que está inserida, por conta da estruturação interna promovida pelo método.

O que podemos concluir?

A organização e o gerenciamento de metas por meio do método OKR são indicados para todo formato de empresa. Das companhias de grande porte até as PMEs, também são recomendados tanto para as startups como empresas mais maduras.

Ao incorporar a cultura do OKR na empresa, o envolvimento dos colaboradores é fundamental. Por conta disso, as metas, os objetivos e, posteriormente, os resultados devem ser divulgados claramente para todas as equipes.

Com a inclusão, e como o método tem a função de integrar todos dentro de um objetivo maior, cada profissional torna-se parte do projeto e responsável por atingir suas metas. Sendo assim, o trabalho fica mais prazeroso, aumentando a autoestima e, como consequência final, quando o objetivo é alcançado, os benefícios são garantidos a todos.

Este artigo foi útil para você? Então, assine nosso boletim informativo e tenha acesso a outros temas relacionados às finanças e tributos. Para conhecer mais sobre os serviços que a BLB Brasil pode oferecer para você e sua empresa, acesse aqui.


 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *