Planejamento de carreira: 7 erros que podem destruir sua vida profissional!

Planejamento de carreira: 7 erros que podem destruir sua vida profissional!

5 minutos de leitura

Quando pensamos em planejamento de carreira, precisamos ficar atentos a alguns erros muito comuns que podem custar a realização na carreira pretendida. Aqui está uma lista com 7 erros e as formas de combatê-los para garantir o seu sucesso profissional:

1. Deixar de definir o que é sucesso pra você

Para um planejamento de carreira ter sucesso, é preciso estar constantemente empenhando forças para se aproximar daquilo que considera gratificante.

Se quer obter sucesso, primeiro precisa saber o que ele significa para você. Para muitas pessoas, o sucesso é alcançar um grau de conforto e bem-estar com a família. Para outras, o sucesso é viajar pelo mundo ou, ainda, conquistar fama e dinheiro. O que é sucesso para você?

2. Sabotar o autoconhecimento e ser incapaz de receber feedbacks

Antes de tudo você precisa se conhecer! Saber quais são suas afinidades e seus talentos para, então, traçar o seu plano de carreira. São os seus pontos fortes que irão definir o tipo de perfil profissional. Conhecer sua personalidade e seu comportamento diante de situações diversas irá facilitar o traçado do seu caminho. Uma ferramenta fácil e gratuita para fazer o teste de personalidade é o site 16Personalities.

Também é necessário reconhecer que existem “pontos cegos” sobre si mesmo. O apontamento de outras pessoas (familiares, amigos, professores, chefes, colegas de trabalho etc.) sobre como te percebem e como interpretam suas ações deve ser considerado.

O feedback recebido é uma fonte importante para somar ao seu autoconhecimento, além de favorecer um senso de responsabilidade maior pelos resultados gerados, tanto negativos quanto positivos.

3. Não traçar metas realistas

As metas são etapas que levam ao objetivo final, respeitando os prazos estabelecidos para alcançá-las. Eles podem ser de: curto prazo (próximos 12 meses), médio prazo (2 a 5 anos) e longo prazo (acima de 5 anos). Onde você quer estar daqui uma semana? E em um mês? Daqui um, dois, cinco ou dez anos? São as perguntas que você deve responder para auxiliar no processo de traçar suas metas, mas lembre-se de que você precisa ser realista.

Isso significa que é necessário observar as circunstâncias atuais e conhecer não apenas seus objetivos futuros, mas também as competências que você já desenvolveu e quais você ainda precisa desenvolver. Ao se imaginar em um futuro recente, visualize o caminho que é preciso percorrer (quais esforços serão necessários empenhar para atingir o objetivo). Em seguida, estabeleça metas factíveis, de acordo com o seu perfil e com o esforço que está disposto a empregar para conquistá-las.

O planejamento é dinâmico! Ele precisa ser constantemente revisto e reajustado de acordo com as mudanças do mercado de trabalho e com as mudanças no seu cenário pessoal. Se depois de estabelecer uma meta e verificar que uma das metas anteriores que possibilitariam atingi-la não foi conquistada no tempo previsto, ela precisará ser adiada.

Isso não significa que você falhou no planejamento de carreira. Significa que você precisa estar atento ao que planejou e em como está se empenhando diariamente, para então fazer os ajustes necessários.

4. Desconhecer o mercado ao traçar seu planejamento de carreira

Muitas frustrações poderiam ser evitadas se as pessoas realizassem uma pesquisa sobre a carreira que querem seguir. Pesquisar o mercado profissional em que deseja se inserir, quais são as competências necessárias, o que buscam em um candidato e qual o perfil dos profissionais que se destacam é fundamental.

Leia também -  Quais as vantagens de um planejamento estratégico para a área de contabilidade?

Busque conhecer a área de atuação e como funciona o mercado, verificando se realmente condiz com o que espera para a sua realização profissional.

5. Não se especializar constantemente

Para garantir um bom posicionamento no mercado é preciso investir uma parte do seu salário em cursos valorizados pelo mercado de trabalho. É importante se atualizar constantemente para se reciclar e manter-se ativo no mercado. Assim, além de melhorar sua performance profissional, sua rede de contatos e seu conhecimento aumentam!

Saber aplicar o conhecimento na prática o valoriza perante o mercado e pode atrair aquela promoção que tanto almeja. Invista em cursos apostilados e na modalidade on-line. Eles permitem o gerenciamento do tempo e são ótimas pedidas para quem quer se atualizar, mas precisa de liberdade para fazer seu próprio cronograma e escolher quando vai estudar.

6. Descuidar do marketing pessoal e do networking

Um erro como esse pode significar a completa estagnação da sua carreira! É preciso saber se apresentar de maneira efetiva e profissional, além de ouvir atentamente. Por meio de um bom contato humano em clima amistoso, é possível conhecer o melhor dos outros e mostrar o melhor que há em você. Assim as oportunidades acontecem naturalmente.

Networking significa criar e cultivar laços profissionais. Manter uma ligação sincera com pessoas que tenham afinidades profissionais para a troca de ideias que podem resultar em novas oportunidades.

“No mundo corporativo, todo mundo se conhece. Quando surge uma vaga é importante que alguém pense em você para assumir a posição”, lembra Márcia Pereira, consultora da Leme Consultoria.

7. Ser desorganizado e demonstrar falta de comprometimento

De nada adianta passar horas se planejando, estudar o mercado, investir em cursos, no marketing pessoal e em networking e, depois,colocar tudo a perder por falta de organização e ansiedade! A organização é primordial para estabelecer uma ordem a ser seguida e para evitar se perder no processo ou se desviar do foco de seu objetivo.

Além do mais, pessoas desorganizadas transmitem uma falta de comprometimento com o serviço e costumam ser a última opção dos chefes quando buscam alguém para ocupar uma vaga concorrida. Use ferramentas tecnológicas (ou não) para evitar perder ou se atrasar para seus compromissos diários.

Monte um cronograma diário e um semanal que acompanhe suas metas e seus objetivos, para facilitar a visualização do seu progresso. Pesquise por aplicativos de produtividade e se comprometa consigo mesmo!

Para o seu planejamento de carreira funcionar como uma verdadeira ferramenta para o sucesso profissional, continue atento aos nossos cursos!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *