Auditoria Trabalhista Preventiva

A importância da Auditoria Trabalhista Preventiva é muito conhecida, já que qualquer empresa deve se ater aos pressupostos legais, visando prevenir contingências trabalhistas e previdenciárias. Tem como objetivo verificar o grau de confiabilidade, segurança e conformidade das informações produzidas e geradas pelo departamento pessoal, considerando os processos de:

  • Cálculo da folha de pagamento;
  • Horário de trabalho;
  • Admissão e demissão;
  • Cálculos rescisórios;
  • Terceirizações;
  • Cálculo dos encargos sociais e previdenciários incluindo a CPRB; e
  • Segurança e medicina do trabalho.

Todo o trabalho é realizado como se fosse a fiscalização do Ministério do Trabalho, inclusive, fazendo parte das rotinas entrevistas com funcionários a fim de verificar a aderência das políticas formalmente previstas.

O mérito de uma auditoria desse nível é melhor compreendida por seus benefícios, que são:

  • Autofiscalização em relação às práticas trabalhistas;
  • Proporciona a diminuição de erros materiais;
  • Identifica pontos em desacordo com a legislação e propõe medida de adequação;
  • Contribui para a melhoria da qualidade de rotinas e processos;
  • Maior segurança em relação aos aspectos regulatórios que envolvem as áreas de segurança e medicina do trabalho;
  • Contribui para diminuição do índice de motivos que geram reclamações trabalhistas;
  • Funciona como um freio na empresa para evitar desvios, furtos, pagamentos indevidos e outras irregularidades;
  • É uma ferramenta de orientação técnica e assessoramento;
  • Segurança quanto aos cálculos dos encargos sociais;
  • Adequação às mudanças da Reforma Trabalhista, entre outros.

A redução de reclamações trabalhistas e o sucesso nas lides estão diretamente ligados à eficiência e à eficácia do departamento pessoal, que não deverá somente se limitar em produzir os cálculos trabalhistas, como também, avaliar as incessantes legislações e práticas adotadas para fazer valer os preceitos legais.

Soma-se a isso a preocupação quanto à qualidade das informações que serão prestadas no programa do Governo Federal eSocial (início em 2018), que conta com a participação de diversos órgãos (RFB, CEF, INSS, MTE, MPS), e que tem como objetivo a unificação de informações referentes à escrituração das obrigações trabalhistas, previdenciárias e fiscais, com a finalidade de padronizar sua transmissão, validação, armazenamento e distribuição de seus dados.

Mantemos uma equipe de especialistas em Auditoria Trabalhista que tem feito a diferença em diversas empresas e pode fazer na sua também.

Quero saber mais

Serviços - Como podemos lhe ajudar?
Enviando...

Mais serviços em Auditoria Independente

[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]
[CDATA[ */ function read_cookie(a) { var b = a + "="; var c = document.cookie.split(";"); for (var d = 0; d < c.length; d++) { var e = c[d]